Loading...

A Parapente Brasil é uma escola de vôo-livre que traz consigo toda a experiência acumulada em anos de instrução. Sob o comando do piloto e instrutor Alex Brasil, a escola vem se estruturando e se organizando cada vez mais. Alex, que começou a se envolver na atividade de instrução em meados de 1992, teve a oportunidade de trocar experiências com instrutores da França em 1994, trazendo para o Brasil inovações na metodologia de ensino. Desde então a escola vem melhorando o seu programa de ensino até atingir a atual excelência na formação de pilotos de vôo-livre na modalidade parapente.

A Parapente Brasil trabalha na evolução da imagem de profissionalismo do vôo-livre. Valorizando conceitos como comprometimento e seriedade, a escola procura estabelecer uma relação profissional com seus alunos, fornecedores e parceiros. Criando objetivos bem definidos, e garantindo o cumprimento dos compromissos assumidos, a empresa vem consolidando esta imagem desde a sua criação.

A escola em si é um eficiente mecanismo de disseminação do esporte. Muitas das pessoas que nos procuram vem a atrás de uma forma alternativa de alívio do estresse do dia-a-dia. Graças ao ambiente descontraído e ao clima de amizade, alunos e ex-alunos convivem em conjunto, trocando experiências e viajando para voar em novas rampas. Devido ao contínuo acompanhamento da equipe de instrução muitos dos pilotos da comunidade acabam se tornando competidores, dentre os quais alguns que, inclusive, se destacaram no cenário do vôo-livre brasileiro.

Voar de parapente é seguro?

Sim! O parapente é um esporte que evoluiu muito nos últimos anos, tanto em equipamentos quando em técnica, e hoje é extremamente seguro quando feito com responsabilidade de profissionalismo. Procedimentos adequados, equipamentos em ordem, e a correta avaliação da condição meteorológica garantem que o seu voo seja seguro e prazeroso.

 

Qual a probabilidade de haver falha do equipamento?

Em torno de zero. O equipamento é feito para suportar aproximadamente de 8 a 10 vezes o peso total, tornando praticamente impossível haver qualquer tipo de ruptura.

 

Tenho vontade de voar, mas tenho medo. O que fazer?

Ter medo é natural, principalmente quando nos aventuramos em novas experiências. Se existe a vontade, já temos praticamente tudo o que precisamos para voar. Estamos à sua disposição para esclarecer quaiser dúvidas que possam lhe ajudar a entender melhor do que se trata o voo (e porque ele é seguro) e a superar seu medo. Entre em contato conosco e pergunte o que quiser!

 

Como é a saída? Saltamos e o parapente abre depois?

Não. Nós decolamos em vez de saltar. O equipamento fica posicionado atrás, já aberto na rampa. Ao iniciarmos nossa caminhada para frente, o parapente se infla e fica acima de nós – já voando – enquanto ainda temos nossos pés no chão. Aí basta continuarmos nosso movimento que logo entraremos em voo.

 

O que eu preciso fazer na hora da decolagem? É complicado?

Não. Você receberá instruções básicas de como proceder, e faremos um pequeno ensaio antes de decolar. Em linhas gerais, você precisará andar para frente e eventualmente correr lentamente. E o mais importante: não se sentar antes de entrar em voo! Simples!

 

É necessário ter alguma habilidade especial?

Não! A única exigência é que a pessoa tenha sua capacidade básica motora íntegra, conseguindo caminhar e correr lentamente. Casos especiais em que haja alguma limitação precisam ser avaliados pelo instrutor. Se esse for o seu caso, não se acanhe em entrar em contato conosco: teremos prazer em lhe atender.

 

Por que voar de parapente? Qual a diferença pra asa-delta?

O parapente é a forma mais confortável de se voar, sem falar no visual proporcionado pela sua posição em voo: você estará sentado em uma selete (cadeirinha), com total visibilidade. A decolagem e o pouso são mais suaves, pois precisam de menor velocidade, e geralmente são feitos andando. O voo é tranquilo e estável. Mas não se engane: se você acha que o parapente não pode proporcionar emoção ou adrenalina da asa-delta, nós podemos provar o contrário, se assim você desejar! 😉

 

Qual a diferença do parapente pro paraquedas?

Apesar da semelhança no nome e de certa forma no aspecto físico, o parapente pouco tem a ver com um paraquedas, principalmente no que diz respeito ao seu voo. O parapente é tecnicamente uma asa, que se comporta como tal no ar. Por isso falamos “voar” de parapente, em vez de “saltar”. Desde a decolagem até o pouso, no parapente não existe nenhum momento em que há queda livre.